07/01/2019 às 14:20:40
Mudança no registro sindical pode incentivar criminalização, alertam centrais




As alterações administrativas no campo trabalhista anunciadas esta semana pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), levantaram críticas de centrais sindicais e especialistas do mundo do trabalho. Uma das tantas medidas criticadas é a transferência da Coordenação-Geral de Registro Sindical para o Ministério da Justiça (MJ), agora sob o comando do ex-juiz de primeira instância Sérgio Moro.

Reportagem: Cristiane Sampaio
Foto: Arquivo EBC
Agência: Brasil de Fato