04/04/2018 às 11:32:00
Olinda terá cães adestrados para auxiliar estudantes da educação especial






Cães adestrados serão utilizados em seis escolas da Rede Municipal de Ensino de Olinda como ferramenta terapêutica para crianças com dificuldades cognitivas, motora e psicológicas. Segundo a prefeitura, cada escola contará com um professor de educação especial que dará aulas práticas de 40 a 50 minutos, a cada 15 dias, para evitar o estresse dos animais, começando na próxima quinta-feira (5), na Escola Pro Menor.

O projeto Bolinha de Pelo funciona com o apoio de voluntários e existe desde o ano passado em Olinda, beneficiando 22 alunos da escola Norma Coelho com a ajuda de Max, cão da idealizadora do projeto, Cássia Leôncio, que sofreu uma necrose da cabeça do fêmur e contou com a ajuda do animal durante a recuperação.

Com a expansão do projeto, serão beneficiadas as escolas Claudino Leal, Isaulina de Castro, Coronel José Domingos, Lions e Pro Menor, somando 90 alunos. Eles contarão com seis cães doutores, todos da raça Golden Retriever: Max, Mel, Aurora, Luna, Raio de Sol e Justin. Para ser um Bolinha de Pelo é preciso passar pelo treinamento dos Cães Doutores, um outro projeto que atua de maneira similar, só que nas unidades públicas de saúde, e que dispõe de estrutura para capacitar os animais.