02/02/2018 às 11:47:21
SDS não vai permitir confronto entre taxistas e ubers




 

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, disse, nesta quinta-feira (1º), que o Governo do Estado não vai permitir confrontos entre taxistas e motoristas de Uber após a Prefeitura de Olinda ter anunciado a liberação dos veículos que operam por aplicativos em áreas restritas do município durante o Carnaval. A declaração foi dada no mesmo dia em que taxistas fizeram um protesto que teve pancadaria e depredação, pela manhã. Ninguém foi preso.

Na quarta-feira (31), uma mensagem foi compartilhada nas redes sociais com ameaças atribuídas a um taxista. A voz masculina fala em “guerra” e “banho de sangue” por conta da disputa por clientela entre a categoria e os veículos operados por aplicativos. “No que diz respeito a essas ameaças, um inquérito já foi aberto, pessoas já foram ouvidas, identificadas e, eventualmente, serão punidas por seus atos. Não vai ser aceito pela SDS [Secretaria de Defesa Social], pelo Estado, nenhuma ação criminosa desse ou qualquer tipo durante o Carnaval”, disse Pádua.

A resposta foi dada durante entrevista coletiva em que a SDS anunciou o esquema de segurança para o Carnaval em todo o Estado. Haverá mais de 41 mil jornadas de trabalho de policiais e bombeiros, 5.832 apenas em Olinda. O município também conta, desde janeiro, com uma Plataforma de Observação Elevada (POE). O veículo, estacionado na Praça do Carmo, conta com 14 câmeras e vem atuando no local por conta da realização de prévias carnavalescas.