05/09/2017 às 11:57:32
Estado em guerra contra os assaltos a ônibus.




Assim como a força-tarefa de combate aos assaltos a ônibus, o grupo de trabalho que monitora e apura crimes contra agências bancárias no Estado também foi reforçado. Agora, em vez de sete delegados da Polícia Civil, como ocorria desde o ano passado, a Força-Tarefa Bancos passará a contar com 17 diretores de todas as corporações da segurança pública, além de alguns subordinados. Também estão previstas reuniões mais frequentes, na penúltima quinta-feira de cada mês. 

A iniciativa ocorre num momento em que os casos seguem em alta, ainda que com índices menores que os de 2016. Na última sexta-feira, por exemplo, mais um estabelecimento foi alvo, desta vez, em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife. Um caixa eletrônico do Bradesco localizado dentro de uma usina às margens da PE-60 foi explodido por criminosos.